• Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social

Contactos

Morada

Rua Instituto dos Cegos de S Manuel 231

4050-308 Porto

Maria Montessori

Maria Montessori cria a primeira Casa dei Bambini, no bairro popular de São Lourenço em Itália a 6 de janeiro de 1907, um verdadeiro marco na educação infantil. A Casa dei Bambini foi uma autêntica revolução, não se baseava em nenhuma abordagem teórica, mas sim na sua própria experiência educativa.

Maria Montessori revolucionou os parâmetros educativos existentes até ao momento, colocando a criança como o autêntico protagonista do processo educativo, transformando radicalmente a educação infantil. Inicialmente criou novos materiais com o objetivo de favorecer a autoaprendizagem, e logo colocou a escola ao nível da criança, pensando que se alguma coisa teria de mudar (e acreditando que era necessário mudar muitas coisas), devia ser a escola, adaptando-a ao mundo da criança.

Seguindo a pedagogia Montessori as crianças desenvolvem-se num ambiente preparado, baseado em princípios naturais muito claros: autonomia, independência, iniciativa, capacidade de eleição, desenvolvimento da vontade e autodisciplina, sendo a criança o seu próprio mestre. Maria Montessori não queria criar génios, mas dar a cada pessoa a oportunidade de poder desenvolver as suas próprias capacidades, por elas mesmas e com os outros. E desta forma, ajudar as crianças a serem seres mais humanos, equilibrados e independentes.

No entanto, estes princípios inovadores, criaram-lhe inúmeras dificuldades, ao ponto de a obrigar a ter de abandonar a Itália fascista de 1933, pois a sua experiência educativa ia contra o sistema totalitário. O fascismo recorria à escola para doutrinar jovens, treinando-os para obedecer a ordens e não para pensar de forma livre, convertendo-os em instrumentos de guerra e não de paz.

Durante o exílio, Maria Montessori viveu em Espanha, Holanda e Índia, tendo desenvolvido diverso programas de formação destinados a novos educadores e docentes. A experiência bélica levou-a a aprofundar-se nos temas educativos relacionados com a paz, chegando à conclusão que a educação é o único caminho para construir a Paz. Precisamente, pelo trabalho que desenvolveu foi nomeada para Prémio Nobel da Paz em três momentos distintos.

Em 1947, já de regresso a Itália e com o seu método reconhecido mundialmente, tendo recebido inúmeras honras. Maria Montessori dedicou-se a reorganizar as escolas do seu próprio país e continuou a aprofundar os seus conhecimentos acerca da infância.

Maria Montessori faleceu a 6 de Maio de 1952 com 82 anos na sua casa na Holanda. Concluía toda uma vida de duros combates, dedicada à defesa do mundo infantil. Foi das primeiras mulheres a formar-se em medicina em Itália, especializou-se e neurologia, estudou Antropologia, Filosofia e Psicologia, mas sem dúvida que no essencial do seu legado para o século XXI, radica na sua incessante pesquisa científica e no seu desejo permanente de conhecer mais e melhor os segredos da infância.